Jornalismo

Como definir e distinguir o imposto sobre o rendimento das empresas como vendas e imposto sobre o valor acrescentado como vendas?

2021-07-09

1.° Prioridade 12289; Regulamentação do imposto sobre o rendimento das empresas

O artigo 6.o da lei do imposto sobre o rendimento das empresas estipula que o rendimento total de uma empresa resultante de várias fontes em formas monetárias e não monetárias é o montante total do rendimento.Incluindo: (1) rendimentos das vendas de bens;2) Rendimentos provenientes da prestação de serviços de trabalho;3) Proveitos provenientes da transfer ência de propriedade;(4) Dividendos, dividendos e outros rendimentos de investimento em capital;(5) Receitas de juros;(6) Rendimentos de arrendamento;(7) Proveitos reais;(8) Rendimentos provenientes de doações;(9) Outros rendimentos.


O artigo 25.o do regulamento relativo à aplicação da lei do imposto sobre o rendimento das empresas estipula que: Quando uma empresa negoceia ativos não monetários e utiliza bens, bens e serviços para doação, reembolso de dívidas, patrocínio, arrecadação de fundos, publicidade, amostra, bem-estar dos empregados ou distribuição de lucros, deve ser considerada como venda de bens, transferência de propriedade ou prestação de serviços de trabalho, Salvo disposição em contrário dos serviços financeiros e fiscais competentes do Conselho de Estado.


O artigo 2.o do anúncio da Administração Pública de Fiscalidade sobre a eliminação do imposto sobre o rendimento dos activos pelas empresas (GSH [2008] n.o 828) estipula que: Se uma empresa transferir os seus activos para outros, considera-se que as vendas determinam as receitas em conformidade com as disposições, se a propriedade dos activos tiver mudado e os activos não forem alienados internamente.


(1) Transfer ência para o estrangeiro.

(2) Para comercialização ou venda.

(3) Para relações sociais.

(4) É utilizado para a recompensa ou bem-estar dos empregados.

(5) Para distribuição de dividendos.

(6) Para a dádiva externa.

(7) Outras utilizações para alterar a propriedade dos activos.


O artigo 2.o do anúncio relativo a questões relacionadas com o imposto sobre o rendimento das empresas (Anúncio n.o. 80.o de 2016 da Administração Pública da Fiscalidade) estipula que, em caso de circunstância especificada no artigo 2.o do anúncio da Administração Estatal de Fiscalidade sobre o tratamento do imposto sobre o rendimento dos activos de alienação das empresas (GSH [2008]. 828), salvo especificação em contrário, a receita das vendas deve ser determinada de acordo com o justo valor dos activos transferidos.


2.

O artigo 4.o das regras de execução dos regulamentos provisórios da República Popular da China relativos ao imposto sobre o valor acrescentado (Decreto n.o 50 do Ministério das Finanças e da Administração Pública da Fiscalidade) estipula que os seguintes actos de unidades ou de empresas individuais s ão considerados como vendas de bens:

1) Entregar as mercadorias a outras unidades ou indivíduos para venda por encomenda;

2) Vendas de remessas;

(3) Para os contribuintes com duas ou mais instituições e contabilidade unificada, os bens são transferidos de uma organização para outra para venda, excepto para aqueles com organizações relevantes localizadas no mesmo condado (cidade);

(4) Utilizar produtos transformados por si próprios ou encomendados para produtos sujeitos passivos não sujeitos ao IVA;

(5) Utilizar bens auto-produzidos ou encomendados para o bem-estar colectivo ou para consumo pessoal;

(6) Fornecer bens auto-fabricados, encomendados ou adquiridos como investimento a outras unidades ou empresas;

(7) Distribuir os bens produzidos, encomendados ou adquiridos a accionistas ou investidores;

(8) As mercadorias que são auto-produzidas, encomendadas para serem transformadas ou compradas devem ser apresentadas a outras unidades ou indivíduos gratuitamente.


O Circular da Administração Pública de Fiscalidade sobre a questão da cobrança do imposto sobre o valor acrescentado sobre os bens transferidos entre as organizações afiliadas das empresas (GSF (1998) n.o 137) estipula que o termo "venda" no artigo 4.o das regras de execução do Regulamento Provisório sobre o imposto sobre o valor acrescentado da República Popular da China é considerado como o acto de venda de bens, que se refere ao comportamento empresarial da organização receptora numa das seguintes circunstâncias:

1.º Josep 12289; emite uma factura ao comprador;

2.


Em caso de uma das duas circunstâncias acima referidas, a organização beneficiária pagará o IVA à autoridade fiscal local;Se não se verificarem as duas situações acima referidas, a administração central paga o IVA uniformemente.


Se o organismo receptor apenas emitir factura ou cobrar o pagamento de bens ao comprador, deve calcular e pagar o imposto ao local onde a sede está localizada ou ao local onde a sucursal está localizada de acordo com diferentes situações.


De acordo com o aviso do Ministério das Finanças e da Administração Pública da Fiscalidade sobre o seguimento gratuito do consumo de drogas inovadoras (CS [2015] n.o. 4), o volume de vendas de drogas inovadoras auto-produzidas pelos fabricantes farmacêuticos é o preço e as taxas de preços adicionais cobradas ao comprador, e as mesmas drogas inovadoras fornecidas aos doentes para subsequente consumo livre não estão abrangidas pelo âmbito de aplicação do IVA.


O termo "drogas inovadoras" como mencionado neste Circular refere-se à API e aos seus preparados preparados preparados por métodos sintéticos ou semi-sintéticos, que foram aprovados e registados pela Administração Estadual de Alimentos e Drogas e não foram comercializados na China ou no estrangeiro antes da aprovação.


[caso] empresa a está principalmente envolvida na produção e venda de cosméticos. A fim de aumentar a popularidade de seus produtos, a empresa vai usar seus próprios cosméticos com um custo de 10000 yuan para publicidade em 2020.(o justo valor do produto normalmente vendido é 18000 yuan, excluindo o imposto)


Tratamento contabilístico: o produto é utilizado para publicidade e incluído nas despesas de venda


Note que, neste momento, o imposto sobre o valor acrescentado deve ser considerado como vendas, e deve ser incluído no imposto sobre o rendimento do IVA pelo justo valor do 18000% 13% = 2340 yuan

Dívida: despesas de venda  doze mil trezentos e quarenta

Crédito: bens em armazém        dez mil

Imposto a pagar: IVA a pagar (imposto sobre o rendimento)    Dois mil trezentos e quarenta


Tratamento fiscal do imposto sobre o rendimento das empresas: os bens produzidos por conta própria são utilizados para a promoção do mercado.


3.º A289; Regulamentação relativa à substituição do imposto sobre as empresas pelo imposto sobre o valor acrescentado

O anúncio do Ministério das Finanças e da Administração Estatal de Fiscalidade sobre a promoção integral do projecto-piloto de substituição do imposto sobre as empresas pelo imposto sobre o valor acrescentado (CS [2016] N.o. 36) anexo 1: o artigo 14.o das medidas de execução do projecto-piloto de substituição do imposto sobre o valor acrescentado estipula que as seguintes situações serão consideradas como serviços de venda, activos incorpóreos ou imóveis:

1) As unidades ou as famílias industriais e comerciais individuais prestam serviços a outras unidades ou indivíduos gratuitamente, excepto as utilizadas para as empresas de bem-estar público ou destinadas ao público.

2) Unidades ou indivíduos transferem bens incorpóreos ou bens imóveis para outras unidades ou indivíduos a título gratuito, excepto os utilizados para as empresas de bem-estar público ou para o público.

(3) Outras circunstâncias estipuladas pelo Ministério das Finanças e pela Administração Pública da fiscalidade.


Vantagens de Huacai

Líder da indústria
A primeira agência de serviços financeiros e fiscais que desembarca no novo terceiro quadro e a primeira plataforma fiscal e fiscal que presta serviços em linha
Certificação de qualificação
Possui a licença de agência emitida pelo Departamento de Finanças, pelas empresas nacionais de alta tecnologia e a certificação de nível 5A da agência de contabilidade da associação geral da China
23 anos de experiência industrial
300 +pessoal de serviço profissional, 20000 +experiência de serviço ao cliente
Segurança da informação da certificação ISO
Através do sistema internacional ISO27001 de gestão da segurança da informação certificação-padrão
Gestão normalizada da certificação ISO
Através da certificação internacional do sistema de gestão da qualidade ISO9001
Capacidade de serviço
O âmbito de aplicação do serviço abrange as cidades quentes e as zonas quentes